terça-feira, 28 de dezembro de 2010

A especialista: Looks para o Ano Novo

É... 2010 está acabando...

Fiz uma seleção de looks inspiradores. Tem de tudo: olhos marcados e ultra sofisticados, bocas coloridas, dourados e acobreados, cinzas...

Gosto de observar fotos de makes porque sempre tem alguma coisa diferente para aprender, pode ser um brilho em lugar fora do comum, uma cor inusitada, maneiras diferentes de aplicar e esfumar sombras, o jogo de texturas. O importante é entregar-se às possibilidades infinitas...
 
Para 2011, envie sugestões do que você gostaria de ver nesta seção. Até lá!

Fotos www.vogue.es
Fernanda (mas pode me chamar de Nani), artista plástica e maquiadora. Acredito no poder de uma maquiagem para a auto-estima. Alguns minutos e você estará mais bonita para si mesma e para os outros... Nem pense em sair de casa de cara lavada!!!
nanifadigas [arroba] hotmail.com

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Eu cobiço, tu cobiças.

Já contei que sou insone? Bom, eu sou insone. Há uns anos atrás se tentava resolver isso com leite quente e um livro. Hoje a louca loga nas lojinhas virtuais e fica simulando compras, enche o carrinho e depois sai correndo.

E eis que achei alguns produtinhos interessantes pra cobiçar (e cobiçar apenas, estou contendo despesas porque viajo em 15 dias):

Lip Tars da Obsessive Compulsive Cosmetics



Pelo que entendi, Lip Tars são como glosses, só que mais grossinhos e pigmentados. "Tar" em português é alcatrão, uma coisa que parece piche mas não é bem piche (haha, super expliquei), enfim, de textura espessa. Custam US$12,50 cada e têm milhares de cores, olha lá no site da Obsessive Compulsive Cosmetics. Googlei, e vi que a Camila Irala já falou deles aqui. A boa (ótima) notícia é que o site entrega no Brasil.



Produtos da Amore Pacific

Meus amigos Beinha e Pat, de San Francisco, criaram um monstrinho verde e babão ao me apresentarem Amore Pacific. Me deram milhões de amostrinhas, usei tudo e choro sangue ao pensar. O Pat, que trabalha com produtos de cuidados com a pele há milênios, me disse que a Amore Pacific tem a qualidade tão boa quanto a La Mer, porém custa menos. Não me entendam mal: pra padrões gringos, a marca não é barata, e se chegasse no Brasil seria menos ainda com os impostos loucos e lucros mais loucos ainda sobre o preço. Mas considerando que qualquer creme pros olhos aqui na terrinha custa cento e poucos reais, digo que vale a pena dar uma olhada na marca se você for viajar. Recentemente esses meus amigos compraram pra mim um produto que super deu jeito na minha pele, o esfoliante Treatment Enzyme Peel, esse aí da foto do Cosme-De (vende lá por US$65 e entrega no Brasil, a embalagem desse tamanhão dura quase um ano, juro!). Em lojas físicas no exterior, ao que eu saiba, tem Amore Pacific na Neiman Marcus, Bergdorf Goodman e Sephora, e eles também montaram um spa no SoHo, em NYC.



Novidades da ELF por US$3, US$6 e US$10

Aprendi que não adianta ficar dando ataque histérico porque a ELF não vende no Brasil. Mudei o foco, e agora faço um apelo às indústrias de cosméticos brasileiras por produtos de qualidade, com boas embalagens e preço baixinho, que é o que a ELF faz nos Estados Unidos - e sem testar em animais, diga-se. Claro que nós temos N empresas que já andam nesta direção, como estão aí para provar a Koloss, a Felicittá, a Yes, a Vult, a Tracta. Que tal mais?

Enquanto isso não acontece, vou pensando na minha próxima oportunidade de comprar ELF, mais exatamente esses produtinhos:


Kit de lápis para os olhos Urban Decay Inspired - US$10 (também são vendidos separadamente)



Blush em creme de US$6 (dozereau!)




Pincel duo fiber por US$3 - eu amo muito os pincéis da ELF e gostaria tanto de ver esse ao vivo...



Sombra matte por US$ 3 - não só pelo preço, mas pela dificuldade da moça brasileira em encontrar sombras legais sem nenhum brilho




Pigmento por US$ 3 - pra brilhar sem gastar!

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Mais, mais, mais unhas postiças!

Recebemos no e-mail uma pergunta, da leitora Amaanda, e eu respondi pra ela essa semana. Escrevi tanto, mas tanto, que depois fiquei pensando que a dúvida dela podia ser de outras pessoas, e resolvi transformar tudo em post!

A pergunta:

Joo, estou pensando em colocar unhas postiças e tenho dúvidas quanto a durabilidade, vc diz que dura aproximadamente 15 dias. Gostaria de saber se elas têm essa durabilidade mesmo em contato com água para lavar louças, lavar roupas, etc. Agradeço desde já, beijos e parabéns pelo blog.

E a minha resposta:

Eu acho que o que mais faz diferença na durabilidade das postiças é o cuidado com o qual elas são colocadas, a cola que é usada e impactos.

Quando eu coloco as postiças com mais cuidado, elas duram mais do que quando eu coloco na pressa. Faz diferença sim tirar todo o esmalte (ou, no meu caso, restos de cola das postiças anteriores), dar uma lixadinha na superfície das unhas e passar cola tanto nelas quanto nas postiças, sem exagerar.

Também percebi que quando uso a cola da Fing'rs, as postiças demoram mais a cair, do que quando uso outras colas (tipo a da Nailene que comprei nos EUA, ou mesmo a da First Kiss, que vende lá e aqui - apesar de que as unhas postiças da First Kiss são super lindinhas e naturais). E uma coisa que eu aprendi a não fazer mais é deixar restos de cola em torno do bico da embalagem, porque se a gente faz isso e depois coloca a tampa, a tampa COLA e não sai nunca mais mesmo.

Acho que água "gasta" um pouco as postiças sim, mas nada comparado com os impactos. Eu sou super estabanada e vivo batendo a mão nas coisas. Se as unhas estão bem colocadas, ou recém colocadas, ou os dois, elas dificilmente caem na primeira porrada (claro que depois de 150 batidas elas tendem a cair mais fácil). Mas se eu coloquei na pressa, ou se a "validade" está vencendo, na primeira batida que eu dou com o dedo no volante depois de dar seta, quando estou dirigindo - coisa que faço o tempo todo - a unha cai. Não dói, mas aprendi a andar com um tubinho de cola na bolsa pra essas situações.

Considerando essas coisas todas, o mínimo de tempo que unha postiça demorou na minha mão foi seis dias e o máximo foi dezesseis dias. Inclusive teve uma vez em que eu estava viajando, as unhas completaram dezesseis dias e eu acabei tirando por vontade própria, porque a unha de verdade já estava crescendo embaixo e ficando bizarro.

Ultimamente eu não tenho mais usado postiças direto mais por preguiça mesmo, porque não achei que elas enfraqueceram minhas unhas. Pelo contrário: com as postiças protegendo, minhas unhas até conseguem sair da carne, tadinhas. Mas eu tomo uns cuidados: só usar removedor sem acetona, hidratar bem a pele dos dedos (inclusive cutículas) e usar aquele endurecedor da Mavala quando estou sem as postiças.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

As lisas também sofrem.

Esse post, atenção, é especialmente dedicado às meninas que, como eu, têm cabelinhos lisos, com pouco volume, finos e oleosos e estão ficando deprimidas de tanto ouvir esse negócio de que a temmmdemmmsia é "cabelo com textura". Não sei se é pior isso, ou o bombardeio da mídia falando que cabelo liso "não está mais na moda". E são páginas e páginas de revistas, sites da internet e blogs dizendo "jogue sua chapinha fora", "abaixo a progressiva" e coisas afins. Pois é: seria bem mais fácil se a gente simplesmente assumisse que todas as lisas são lisas porque usam chapinha ou fazem progressiva. Mas a realidade não é bem essa. A despeito de o "tipo" da "mulher brasileira" (aaaafffff, odeio esses rótulos) ser aquele da morena com abundantes e lindos cachos, conheço uma infinidade de lisas naturais, muitas contentes com seus cabelos (oi!) e muitas não.


A pessoa e seus cabelos lisérrimos ao vento: depois da ventania, haja pente pra desembaraçar os fios finos, e haja shampoo adstringente pra lavar toda a nhaca da maresia...


Claro que o inverso também é absurdo: se já existiu uma moda que tenha pregado que só o liso é legal, AINDA BEM que ela foi banida (o fato de ela ter sido banida pra vir outra igualmente idiota é o que me incomoda). É chato esse negócio de ditadura e de a gente ter que ser como os outros querem. Sabem, acho até que talvez seja verdade que os homens "prefiram" as lisas. Mas sinto muito, gosto de homem não é algo que deva ser muito considerado na hora em que a gente vai se arrumar. Primeiro, porque cada uma se arruma como quer. E segundo porque, se a gente vai falar de homem, vamos ter que falar também de cabelo liso, loiro, olho azul, peito grande, bunda grande, barriga chapada, mulher melancia, unha assim, maquiagem assado... um verdadeiro frankenstein.

Não me entendam mal: acho cachos uma coisa linda. E embora sempre tenha curtido bastante o meu cabelo, também tenho aqueles bad hair days de fios desmilinguidos, onde eu daria um braço pra ter UM mísero cachinho na cabeça. Porém, nem tudo é como a gente quer. E obviamente algumas lisas têm a sorte (ou o azar, depende do ponto de vista e se HOJE a grama do vizinho está mais verde do que a sua) de serem não tão lisas, ou de terem mais volume nas madeixas. Daí dá pra variar um pouco mais os penteados, pirar um pouco mais, e até usar aquilo de que nós, lisas-sem-volume-e-ainda-por-cima-oleosas, morremos de medo: os temidos e implacáveis "produtos de textura".

É óbvio que a sua amiga cacheada (oi Loo!) fica linda quando amassa os cachos com mousse. Já você, que é lisa... primeiro que não tem cachos pra amassar. Precisa fazê-los antes, e dar sorte de o babyliss "pegar" no seu cabelo - no meu, ele dura bem pouco tempo, quase o mesmo tempo que eu demorei pra FAZER o penteado. Em cortes mais curtos e/ou repicados no cabelo liso, até rola um pouco de ousadia, dá pra passar um produtinho pra "espetar" os fios. Já no meu cabelo liso e oleoso, com fio reto, os mais variados produtos acabam dando a mesma impressão: a de cabelo sujo.

Na arrumação pruma festa, é diferente: dá pra "arrepiar" os cabelos lisos pra dar volume, usando o pente. Dá pra mandar ver no spray pra segurar o picumã. Dá pra ir ao cabeleireiro e pedir pra ele fazer o que acha que vai ficar melhor em você. Mas no dia a dia, gosto apenas do meu cabelo com aquela cara de todo dia, porém brilhante e bem cuidado. Admiro as lisas que conseguem usar os produtos disponíveis no mercado pra ir trabalhar cada dia com uma cara diferente, e sério, aceito sugestões. Acabo variando só as tiaras, fivelas, piranhas, flores, coques, rabos de cavalo, tranças e assim por diante, mas só de pensar em passar produto sem enxágue que me dá aquele medo de ir pro batente com cara de "sebosa".


Vejam só, não estamos dizendo que ter cabelo cacheado não dá trabalho. Acho até que eles necessitam de mais cuidados do que os lisos, e ficam lindos e maravilhosos quando arrumados com os tais produtos. Só estou tentando mostrar que nós, as lisas, também sofremos (bastante). Por outro lado, se você não é lisa natural e gosta da sua chapinha ou da sua progressiva, faça como eu: dê uma banana para a temmmdemmmsia e use o que quiser.

A especialista: Bronze na medida

Verão, praia, sol e... protetor solar 50 no rosto! É, não tem jeito, a pele do rosto é mais sensível e se você não pretende ficar enrugada antes da hora, precisa se proteger. Mas aí surge a questão: ok, vou usar um filtro mais potente no rosto e etc., mas ficar com o corpo bronzeado e a cara branca??? Aha!!! É nesta hora que o make surge para nos salvar! Para não virar mulher bicolor, a saída é apostar em um pó de efeito bronze depois de aplicar a base.

"Mas eu não uso base na praia"... Então você pode investir em um auto bronzeador apenas no rosto e pescoço.

Vai em um festão e quer arrasar no make? Use um iluminador dourado em cima do blush e se quiser um glamour a mais, pegue um pouco do iluminador (em pó solto) e misture na base! Fica uma pele de rica, daquelas que usam chapéu, maiô e óculos Chanel!!!

Que tal abalar as estruturas e misturar mais uma vez, um pouquinho do mesmo iluminador no seu hidratante corporal? Sucesso garantido!

E você tem algum truque para realçar o bronzeado? Divide com a gente vai...

Fernanda (mas pode me chamar de Nani), artista plástica e maquiadora. Acredito no poder de uma maquiagem para a auto-estima. Alguns minutos e você estará mais bonita para si mesma e para os outros... Nem pense em sair de casa de cara lavada!!!
nanifadigas [arroba] hotmail.com

domingo, 19 de dezembro de 2010

Os novos Única Camada, da Colorama.



Mesmo antes de receber as novas cores de esmalte da linha Única Camada, da Colorama, eu já tinha passado na farmácia e comprado o meu Amarelo Pop Art (na foto, que é de divulgação, à direita). Eu adoro a Colorama, sempre digo que são meus esmaltes nacionais favoritos, mas não tinha achado a linha Única Camada esse hollywood todo, como vocês podem relembrar aqui. De fato, achei que essa linha funciona melhor com as cores escuras do que com as claras, só que o problema é que EU ADORO AMARELO. Roupa amarela, bolsa amarela, sapato amarelo, sombra amarela, esmalte amarelo, enfim, fica difícil pra mim resistir a algo que seja amarelo. Obviamente eu não saio por aí toda de amarelo, imitando um maracujá humano, uso com parcimônia e acho que a cor é super alegre para o verão.


Li no Mão Feita que a nova temmmdemmmsia da Chanel é um esmalte amarelo chamado Mimosa e achei engraçado. Não, nem foi o nome do esmalte gringo que me fez rir, e ao contrário das leitoras que lembraram de uma vaquinha mimosa, ou acharam que esse nome ficaria melhor num esmalte rosinha, eu pensei logo no drink suco de laranja + champagne chamado Mimosa, que não é muito comum nos bares brasileiros mas se você pedir eles fazem, e é uma delícia. Não sei se o nome do esmalte da Chanel deriva daí, mas pode ser, porque o drink é amarelinho. Voltando ao que interessa, eu ri porque temmmdemmmsia é uma coisa engraçada, um dia aparece uma Maison Parisiense e transforma em hype algo que você já usava há dois anos e comprou na farmácia da esquina. Isso não é exclusividade minha, claro: é só pensar nos antes esquecidos shortinhos jeans, moletom-canguru e (aaaarrrgh!) clog, que de olvidados e/ou bregas passaram a hype de uma hora pra outra.


Se eu sempre usei amarelo é porque gosto da cor mesmo, e após comprar os esmaltes laranja, rosa e amarelo da Colorama, linha Unhas Artísticas, em dezembro de 2008, fiquei super contente em ver, alguns meses depois, que a galera de Tinseltown também estava usando:



Essa foto foi emprestada do excelente site gringo sobre beleza Bella Sugar, que por sua vez a emprestou do Wireimage.com. A matéria é de 6 de março de 2009 (leiam aqui) e nela vemos Natalie Portman, sempre elogiada por seu bom gosto nos red carpets da vida, usando feliz e bonitamente seu esmalte amarelo nas unhas. De modo que, como vocês podem ver, adoramos o tal amarelo, mas rimos na cara da Chanel porque não é novidade nenhuma, e vamos rir na cara de todo mundo que aparecer se achando com o tal do Mimosa nas unhas. Endosso a dica do Mão Feita: se você gosta de amarelo nas unhas, guarde aqueles seus esmaltes da Copa!

Mas como nem tudo são flores, o tal do Amarelo Pop Art é bem chatinho de passar. Minhas unhas naturais não são as mais niveladas do mundo, admito, mas pra um esmalte que diz resolver o problema com uma única camada, ele deixa um pouco a desejar. Não que eu me importe muito, nem vejo problema em esperar a primeira demão secar e passar uma segunda, se for pra sair de unhas amarelinhas fofas. Depois de comprado o amarelo, recebi em casa a coleção toda, e também curti o Azul Celeste (à esquerda na foto). Aliás, a coleção Pop4You, do Reinaldo Lourenço para a Risqué, também tem um azulzinho bem chuchu, que vou acabar não usando porque é fosco. Não curto esmalte fosco, ok que dá pra passar uma cobertura brilhante por cima mas além de ser meio sem sentido, na minha opinião não é a mesma coisa...

sábado, 18 de dezembro de 2010

Vamos de henna?

Meu trabalho esse ano já acabou, mas a loucura não. Até o Natal tudo em São Paulo sempre fica uma zona, o trânsito fica três vezes pior (acreditem, é possível), as pessoas ficam loucas, tudo fica cheio... até que o Natal passa, as pessoas vão embora e a cidade fica como eu gosto: vazia. É por isso que eu sempre passo o Reveillon aqui, mas meu desgosto com essa festa não tem nada a ver com o assunto de hoje. O que tem a ver é que, com a loucura acabando, vou conseguir voltar a escrever no blog com regularidade, yay!

Seguinte, eu sou bem adepta de produtos à base de henna, sabem? Comprei no Dingobéu, por R$50 (quase preço de custo) o Jasmin and Henna Fluff-Eaze, anti-frizz/amaciador/abrilhantador de cabelo da Lush, finada aqui no Brasil. Confesso que fiquei torcendo muito pro produto não sair e eu poder comprar no final, mas acho que a Lush não é muito pop por aqui, o povo só vai atrás de MAC e Victoria's Secret. Enfim, esse produto é uma mãe, a gente deixa agir no cabelo como uma máscara e ele fica muito macio, comportado e cheiroso - isso depois de aplicar, porque o cheiro de jasmim durante a aplicação é meio forte.

Imagem: LushUsa

A Lush também tem o Reincarnate, shampoo sólido de henna e lama (é, lama) de Rhassoul, que tem um cheiro delicioso, deixa o cabelo super brilhante mas faz a maior porcaria, fica molenga com a água e TEM que ser guardado num pote com tampa. Por último, mas não menos importante, a Lush fabrica as Cacas, hennas sólidas (prensadas com inspiração nos blocos de chá russos, mas se você me perguntar parece bloco de outra coisa, dá até medo de ser parada pela polícia) para dissolver em água quente e aplicar, para colorir os cabelos. Quanto mais quente melhor, só tomando cuidado pra não queimar a cabeça. Já usei a Marron (castanha) e a Rouge (vermelha), sendo que a primeira acaba apenas dando brilho, porque tem a cor exata do meu cabelo, e a segunda dá uns baita reflexões vermelhos (pergunta pra minha tia, que aplicou sem querer, pensando que era marrom). E segundo a moça da Lush me disse, as clientes que usam as hennas sólidas são verdadeiras alquimistas. Misturam páprica, suco de cranberry e até vinho com a henna pra dar mais cor. Eu, hein... A Lush fabricava também uma outra máscara de brilho à base de henna, o Arabian Bright, que era ótimo, só que sumiu do Lush.com, então assumo que não fabriquem mais.

O Reincarnate parece outra coisa (imagem: LushUsa)

Chá russo ou henna? (imagem: LushUsa)


SÓ QUE COMO LUSH NÃO VENDE NA FARMÁCIA (e antes que a gente receba alguma reclamação - gente, vocês não sabem como é chato receber reclamação de que resenhamos produtos importados, sendo que uma boa parte de nossas leitoras viaja e esse blog é pra elas também!!!), deixa eu contar que a última vez que usei henna foi o produto da Surya, a coloração em creme à base de henna. Aliás, também foi a primeira henna que usei na vida, e é a que minha tia usa costumeiramente (sério, ela compra em caixa fechada de papelão daquelas grandes). A cor não fica nada a dever para aquela que eu consigo com as hennas da Lush e, por ser em creme, é de mais fácil aplicação - mais fácil inclusive do que a aplicação da henna em pó da própria Surya. Eu sei que a Surya tem um produto para prolongar a cor - todo mundo sabe que a henna "sai rápido", ainda mais pra quem lava o cabelo todos os dias como eu - mas nunca usei, e ouvi falar de uma henna "em gel" da marca, alguém já viu?

Imagem: http://www.suryabodycare.com.au/ (site australiano da Surya!!!)

Quando a moça da Lush de San Francisco estava me contando das clientes alquimistas dela, me deu uma aulinha básica sobre henna também. Disse que a henna, por si só, tem coloração avermelhada, e que as outras cores são conseguidas com a adição de outros produtos. No caso da Caca Marron (castanha), um desses produtos é o café, e por isso eu adoro guardar o tijolo de henna Lush na minha gaveta, fica um cheirinho de café delicioso. Falou ainda que é impossível clarear os cabelos com henna, a menos que seja misturada a algum descolorante, mas aí ela perde o caráter de "natureba". Outra lição sobre a henna eu aprendi com a minha tia: não dá pra esperar que ela cubra os cabelos brancos como se fosse um tonalizante ou uma tintura. Mas me parece que é justamente isso que faz a minha tia gostar tanto do produto: ele deixa os brancos dela com um brilho acobreado e com uma vibe de "fiz reflexos". Mas claro que isso varia de pessoa pra pessoa.

Se você nunca usou henna e pretende usar, não se assuste na primeira aplicação: é um pouco difícil de espalhar mesmo, e o cabelo parece que fica meio duro. Pra cabelos oleosos é uma ótima pedida, porque ela retira bastante oleosidade; já as moças de cabelos secos precisam tomar mais cuidado. A vendedora da Lush também falou que o tempo que você deixa a henna agir sobre o cabelo faz bastante diferença, e que não raro pessoas que apenas queriam dar um brilho avermelhado nos cabelos DORMIRAM com a Caca Rouge aplicada e acordaram com a cabeça cor de fogo.

Uma grande vantagem do produto da Surya sobre o da Lush (além de vender no Brasil E NA FARMÁCIA, CLARO) é o preço: uma caixinha sai em torno de R$10. Já o tijolinho da Lush é bem pesadinho e dura mais. A Surya tem, ainda, uma linha de shampoos e condicionadores com óleos essenciais que é digna de nota, e ambas as marcas são cruelty free** e têm produtos vegan.




**Há uns dias uma leitora reclamou de que não gostou de uma afirmação da Loo, sobre produtos cruelty free. A Loo havia dito que "aqui ninguém é xiita" e a leitora achou que dizer"xiita", no sentido de "radical", é pejorativo. Eu discordo, mas pra quem acha que é, não foi essa a intenção. Demos até uma entrevista para o G1, dizendo que a escolha de produtos cruelty free é apenas uma pequena atitude nossa diante das prateleiras - havendo um produto que testa em animais e outro similar que não testa, não tem por que não escolher o segundo. É ÓBVIO que testar em animais é uma forma de crueldade. Mas acho que a gente tem que ter muito cuidado ao falar de COERÊNCIA: é muito bonito brigar com a amiga que não usa cruelty free, e depois aparecer com um tenão de couro, costurado pelas criancinhas vietnamitas, ou algo do tipo. É muito bonito encher o saco do namorado porque você é ovolactovegetariana e ele não, e depois comer omelete daquele ovo que saiu da galinha presa numa caixa de concreto de 30cm por 30cm (ou vai falar que todo mundo que vai na confeitaria pergunta se aquele bolo é feito com ovo de galinha criada solta?). Sobre as pessoas que não usam mais roupas da Marisa por causa dos bolivianos em regime de escravidão, mas que não ligam em usar coisas de outras fast-fashion um pouco mais caras que têm o mesmo procedimento, não vou nem falar. É por isso que eu admiro muito os vegans, aqueles de verdade, aqueles que não comem nem usam nada de origem animal, e em homenagem à coerência deles que eu tento fazer um dia vegan por semana. Por que me propus a fazer UM dia vegan? Porque é o que eu consigo. Se faz diferença, sinto muito, não sei, mas estou tentando. Talvez faça diferença se todo mundo tiver uma atitude, ainda que pequena, e for coerente com ela.

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Fan Page da NIVEA? Eu curti!



Eu acho que nunca contei por aqui da minha paixão pela NIVEA. Adoro tudo o que usei da marca e não lembro de nada que não repetiria a compra over and over. Apesar de não amar tanto assim o Facebook, ver uma marca super tradicional aderir as redes sociais surpreende positivamente né?

E a Fan Page da NIVEA eu curti! Fan Page são os canais que as empresas e marcas usam no Facebook para se comunicar com seus fãs e clientes. E a NIVEA lançou a sua no endereço www.facebook.com/niveabrasil. Através da Fan Page você vai poder ficar mais próximo da NIVEA e tirar suas dúvidas sobre cuidados com a pele.
Além de ser um canal de relacionamento, lá você poderá compartilhar dicas, ter acesso a conteúdos exclusivos e novidades!

E para comemorar essa estréia, a NIVEA vai promover o concurso Segredos que  premiará as 3 respostas mais criativas com um kit exclusivo de produtos NIVEA e um celular Nokia Angel Star. Para participar, é só ir no www.facebook.com/niveabrasil e contar seu segredinho de cuidado com a pele.

E você que não tem Facebook, corra para criar o seu!

(esse post é um pubieditorial, mas nem precisava ser)

Resenha da Leitora Viviane: gel de limpeza Tracta


Tenho cravos e espinhas, mas estou usando o gel de limpeza TRACTA da Farmaervas, que limpa e refresca a pele deixando uma sensação realmente de limpeza, pois contem extrato de chá verde.

Indico para todas as mulheres que sofrem com a pele oleosa com acne, comprei na loja Renner.

Usei aqueles produtos da linha ASSEPTA e não adiantou nada, eles não fizeram nada do prometido nas propagandas.


A Viviane escreve no Tudo Para as Mulheres

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

{SÃO PAULO} Vapt Vupt: Cineminha sexta?


A CLEAN&CLEAR® ofereceu aqui pro VnF? 5 pares de ingressos para o filme “Harry Potter e as Relíquias da Morte Parte I” numa sessão especial no Kinoplex Vila Olimpia, em São Paulo, com direito à refri e pipoca, na próxima sexta feira, dia 17, as 17:00.

Para ver o bruxinho em seu penúltimo passo para o fim da série, já que hoje é quarta e yadda yadda yadda não consegui postar antes, vai ser uma coisa bem rápida: as cinco (ou os 5, menino também pode!) que mandarem email para cinema [arroba] vendenafarmacia.com vão ganhar um par de ingressos e um um kit de produtos CLEAN&CLEAR®!


Naquele esquema VnF?: quem mandar email e não for vai ter o nome amarrado na boca do sapo. Então meninas (os) só mandem email se puderem MESMO ir, ok?  Só vai valer email com NOME COMPLETO e RG.

UPDATE: já temos as 5 leitoras!

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Resenha da Leitora Suzana: Lenços removedores de maquiagem Océane


Finalmente encontrei os lenços removedores de maquiagem da Océane, experimentei com lápis a prova d'agua da Vult e sombra da Catharine Hill, a maquiagem saiu com facilidade a única coisa que não gostei foi a textura do lenço, achei áspero e também pequeno se compararmos com os lenços para remover esmalte.
No fim das contas, usei um demaquilante e ainda haviam resíduos, digamos que estes lenços são para uma emergência quando você não está com o seu demaquilante potente ou para adiantar o serviço.
Preço: R$ 8,95 na Drogasil.

domingo, 12 de dezembro de 2010

Resenha da Leitora Luciana: Formidable de Creuza


Desde que eu vi o post sobre o formidable de creuza, não consegui pensar em outra coisa a não ser testar a fórmula aqui passada (2 camadas do Ametista + 1 de Raio de Luz).

A respeito do esmalte Raio de Luz da marca Guga, confesso que foi fácil achá-lo: para as meninas de SP, podem ir no Armarinhos Fernando. Sempre vi a marca para vender lá, e foi bem fácil encontrá-lo desta vez (adquiri o meu na loja da Mooca, preço R$1,30).

Bom, mas vamos à mistura. Seguem as fotos para análise. Peço que ignorem o fato de as unhas estarem pintadas bem meia boca (leia-se péssimas), mas fiz de noite, em meio a novela Passione (bem na hora que o Berillo se via com suas duas mulheres... ), e tbm fiz p testar, se muito cuidado... Enfim. Minha opinião: não achei parecido a cor do formidable. Nas fotos, o formidable tem uns brilinhos roxos/azulados. O raio de luz é bem dourado. Até olhei p/ ver se tinha comprado a cor certa (sim, sou capaz de comprar errado...) A cor não ficou feia, mas não achei parecida com a do formidable. Mas achei válida a tentativa, já que infelizmente meu bolso não permite a compra de esmaltes da MAC (quem sabe um dia)

sábado, 11 de dezembro de 2010

Wella Lifetex: restauração para cabelos maduros.


A Wella nos mandou para teste os três produtos da foto, da linha Lifetex: shampoo, máscara de tratamento e condicionador leave-in em spray. Só que, segundo o Beleza na Web (deixo claro que nunca comprei lá, só achei porque googlei), estes itens são adequados pra cabelos mais maduros, de pessoas com mais de 50 anos. De fato, as instruções nos rótulos dizem que eles são próprios para cabelos "enfraquecidos pela ação do tempo". Tá, eu já sou uma balzaquinha e a Loo vem chegando logo atrás, mas para os 50 falta bastante. E agora, Zé?

Resolvi o problema chamando a minha mãe. Manhê! Foi Dona Regina quem testou os três produtinhos, mas ao invés de pedir para ela fazer uma resenha, decidi tentar um formato diferente e fiz uma entrevistinha com ela aqui pro blog. Com a palavra, Dona Regina:



Vende na Farmácia?: Quando você (se eu chamar de senhora acho que ela não gosta) começou a usar os produtos?

Regina: Faz mais ou menos uns dois meses. Usei o shampoo, o condicionador em spray e a máscara.



Vende na Farmácia?: Como é, geralmente, o seu cabelo? Notou alguma diferença após usar os produtos?

Regina: Meu cabelo é liso, curto, volumoso e geralmente se comporta bem, mas é tingido. Achei que usar esses produtos deixou os fios com um brilho bom, o cabelo ficou macio e bastante solto, não ficou parecendo aquele cabelo que é maltratado e meio duro porque é tingido.


Vende na Farmácia?: Qual foi sua rotina de uso dos produtos?

Regina: Eu sempre lavei o cabelo todos os dias, e continuei com essa rotina ao usar os produtos. Usei bastante o shampoo, depois dele o condicionador em spray, e a máscara usei menos porque sou um pouco preguiçosa para essas coisas. Com as aplicações contínuas, percebi que era melhor alternar os produtos da Wella com outros de vez em quando, porque parece que meu cabelo "acostuma" e não fica mais tão macio. Não chegou a ser um problema, porque isso acontece com qualquer produto de cabelo que uso. Alternei com a linha do John Frieda para morenas, ou com o que estivesse no banheiro. No geral, achei que ficou bem natural. Cabelo tingido como o meu acaba tendo excesso de volume, e usando esses produtos não precisei ficar passando mil outras coisas para controlar o volume, depois de lavar. Isso foi um grande ponto positivo.



Vende na Farmácia?: Quais os produtos que você mais gostou?

Regina: Gostei bastante do shampoo e do condicionador em spray, que é fácil de aplicar, não precisa enxaguar e amacia os fios sem deixá-los ensebados. Eles também não têm muito cheiro, o que é bom. Acho que esse nem é o objetivo deles.



Vende na Farmácia?: Compraria os produtos?

Regina: Quando você me mostrou os produtos no site, achei meio carinhos. Mas acredito que compraria, sim. Pra quem normalmente compra John Frieda, o preço não é absurdo. E pretendo usar mais a máscara que já tenho.



sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Agora não posso, tô comendo meu Chandelle!




Eu ainda não diria que estou de regime... apenas voltei, de um jeito meio tímido, a controlar um pouco a draga que existe dentro de mim - e tá difícil. Mas sabem, tenho uma filosofia que me ajuda: nessas horas em que é preciso contar as calorias, não deixo de comer aquilo de que gosto, apenas diminuo bem a dose. Não fico sem o bombom de que gosto tanto, mas como UM bombom pequeno ao invés de seis gigantescos!


Por isso, fiquei toda contente quando a Nestlé nos contou que agora tem Chandelle versão mini. Todo mundo conhece Chandelle, né? Além do sabor gostoso pacas de chocolate cremoso, o tamanho do Chandelle Mini é ótimo pra dar aquele 'adocica, meu amor' no seu momento, porém sem exageros. E por falar em bombom, outro lançamento é o Chandelle Trufa, nas versões tradicional e cereja, pra quando a gente quiser aquela sobremesa pra comer de joelhos, como diria minha vó.




Tá, mas o que têm vocês a ver com meus delírios chocólatras?




É que clicando no bannerzinho do Chandelle aí ao lado, serão transportadas para O Mundo Irresistível de Chandelle, um jogo 3D cujo vencedor , aquele que pontuar melhor, vai poder escolher um modelo de carro zero pra ganhar (as opções são o Smart for 2, o Kia Soul e o Fiat 500). E se o VnF? ficar em primeiro lugar no ranking que também aparece na lateral, a gente ainda sorteia um Ipod Nano e kits Chandelle. Mandem bala e nos ajudem, porque há uns dias estávamos em terceiro, e agora saímos dos três primeiros, fué fué fué...


Facebook? Twitter? Chandelle tem também, aqui e aqui. Mas Twitter e Facebook não têm gosto de nada; quero minha parte em Chandelle!






Este post é um publieditorial, leia-se trabalho honesto que estamos sendo pagas para fazer!

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

E protetor solar para o corpo heim?

Que a gente precisa usar protetor solar todo dia, todo mundo já sabe. E apesar de eu achar que filtro solar bom é aquele que a gente usa todo dia, é dificil encontrar um que dê para usar todo dia sem deixar a pele brilhando, grudando ou com cheiro de praia. Para rosto as opções são inúmeras (tem várias  resenhas sob a tag filtro solar) mas e para o corpo? Braços, colo, mãos, como fica? Depois de receber 3 vezes essa pergunta só na ultima semana resolvemos apelar para vocês!

A Joo já recomendou o Neutrogena Ultra Sheer (tem versão pro rosto e pro corpo também, ó lá no site) e eu falei do Johnsons que tem FPS 15.

E vocês, o que usam para proteger o corpo enquanto não estão na praia? Contem pra gente!

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Acaba, ano!

(Esse post vai sair bem rapidinho porque até lá pelo dia 16 estarei atoladíssima (uy) de coisas pra fazer, dando um jeito na bagunça de fim de ano no meu trabalho, e apenas olhando pra minha lista de posts atrasados e dando aquela choradinha!)

+ Primeiro de tudo, queria agradecer muuuuito as pessoas que estiveram no nosso Bazar de domingo passado, principalmente àquelas que levaram aquele montão todo de doações!!! Sério, gente: foi muito alimento e itens pra gatinhos e cachorrinhos de primeira linha, ração que qualidade, muito legal mesmo. Os alimentos "para humanos" serão doados a uma freira que minha avó conhece e que faz um trabalho assistencial muito legal, e os itens para animais serão doados pessoalmente por mim assim que minhas férias começarem. MUITO OBRIGADA!

+ Ok, vou confessar: uma das razões pelas quais estou seca pro ano acabar é que, a partir do dia primeiro de janeiro, por uma semana, vou exercer meu lado maisntream brincando na Disneyworld. É, pode parecer estranho que eu estude russo e adore a Disneyworld, mas sou mesmo uma contradição deambulante, como todo mundo. E se você nunca foi e quer ir, a Lia esteve lá em novembro e periodicamente tem soltado posts com dicas. (o link é do post sobre meu parque predileto, Disney Hollywood Studios). Acho que meu "guia" da Disney seria um pouco diferente do dela, ela gosta das paradas e shows e eu aproveito os momentos em que todo mundo tá vendo os personagens dançarem pra ir na mesma mkontanha russa oito vezes - mas gosto é gosto, e se sobrasse tempo eu bem escreveria meu "Guia Disney for Toscos"... :)

+ Na real, o item acima foi apenas um gancho pra mostrar (e falar sobre) meu esmalte da semana do mês ta, do semestre: é o Mean and Green, da coleção MAC Venomous Villains, inspirada em vilões sensacionais da Disney. Em princípio ele é bem bonito e interessante porque reflete tons de verde (dã) e roxo conforme o ângulo e a luz (até peguei emprestada a foto do Temptalia, abaixo, porque não consegui tirar uma que fizesse jus). O problema é que eu achei que, para o dia a dia, ele é muito periguete para o MEU gosto. Ficou uma coisa meio funkeira, com todo o respeito às funkeiras, apenas digo isso porque não é meu estilo. Já numa festa ou eventão, seria diferente. O que quero dizer é: não chorem porque a coleção Venomous Villains não veio pro Brasil, pouca coisa nela é super usável pra todo mundo ou super imperdível. E me antecipando às moças que virão comentar que existe um esmalte da Orly que é idêntico a esse (o Space Cadet, que é MUITO parecido MESMO), não vejo muita vantagem: além de não ser tão fácil de encontrar em terra brasilis, também chega aqui com precinho nada camarada.


Vai, popozuda!


+ E se você ainda não comprou a sua Revista TPM 104, saiba que ainda não é muito tarde e que ela ainda está nas bancas... com a gente dentro! Ok, foi um momento self jabá, mas o quão legal é abrir uma revista e ver diquinhas de produtos de beleza em conta, ao invés de um monte de coisa que custa três digitos? Recebo a Elle em casa e nem abro mais, pela preguiça de ver vestidos de R$3000,00 e batom de R$90,00 estampados nas páginas...

+ Me dá uma apertozinho no coração pensar que não tenho planos de ir à praia nesse verão. Só que a gente sabe muito bem que protetor solar não é apenas mais um item que a gente usa só na praia - que nem era na minha infância, quando só existia Sundown e Coppertone, hehe. Tô preparando um post com comparativos de protetor pro rosto, me aguardem. É mais um na lista dos posts atrasados, mas acho que esse em especial vai ser útil pras leitoras.

+ E como nem tudo são flores, queria indicar para leitura esse post do Makeupalooza, bem recente. Não conheço as meninas (por isso tampouco tenho detalhes do que rolou por lá), mas acho que é uma boa pra refletir entre o relacionamento leitoras e "blogueiras" - entre aspas, mesmo porque a gente tá longe de ser blogueira profissional, e esse é exatamente o ponto do texto. Todo mundo aqui é inteligente e consegue pensar por si mesmo!

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Resenha da Leitora Lilla: Clear Hidratação Intensa

Apesar de usar vários produtinhos ótimos de farmácia, essa é a primeira vez que me animo a mandar uma resenha pro "VnF?", porque o produto é bom meeeesmo.
Vou contar minha história triste pra vocês.
De tempos em tempos (mais especificamente quando passo por períodos de stress) a caspa resolve aparecer na minha vida e, quando isso acontece, tá lá o cabelo estendido no chão (literalmente). Os cabelos caem, o couro cabeludo descama, enfim, é uó. Pra piorar, todos os shampoos/condicionadores anticaspa faziam o mesmo efeito nos meus cabelos: acabavam com a caspa, mas também acabavam com o glamour. Meu cabelo ficava mais seco que o Deserto do Atacama. Desde os mais simples (Pert Plus da vida) até os mais caros (Stiproxal, que além de tudo tinha o cheiro do capeta) destroçavam meu cabelo.
Até que, há duas semanas atrás, eu comprei o Clear Hidratação Intensa sem sal. Confesso que já comprei meio descrente, porque né, shampoo/condicionador anticaspa  + hidratação = lenda. Gente, a surpresa foi enorme: funciona MESMO. A combinação shampoo + condicionador deixaram meus cabelos MEGA macios, com brilho, sem a maldita caspa e, além de tudo, o cheiro é super leve. Foi o melhor resultado que eu já tive com shampoo anticaspa entre todos que já testei e, acreditem, eu testei muitos.
E além de cumprir o que promete, o Clear é mega baratinho. Não lembro exatamente, mas tanto o shampoo quanto o condicionador custam cerca de R$7,00 cada. Pagar mais de R$60 em shampoo com o cheiro da morte e que ainda por cima destrói meu cabelo NUNCA MAIS!


Recomendo super, anotem aí: Clear Hidratação Intensa. Melhor descoberta dos últimos tempos pros meus cabelinhos.

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

A especialista: Água termal

Taí uma coisa que eu sempre achei uma frescura... Tipo: não tem mais onde gastar seu rico dinheirinho??? Compra água termal... Mas eu estava enganada! Claro que dá para viver sem, mas que é uma delícia e faz bem para a pele, não tem como negar.


P: O que é?

R: É uma água encontrada nas rochas e no subterrâneo.


P: Qual é sua composição?

R: A água termal é pura e rica em sais minerais como zinco, magnésio, cálcio, ferro, enxofre, lítio e silício. Os minerais encontrados na água variam de acordo com a sua região de origem.


P: Quem pode usar este produto?

R: A água termal é indicada para todos os tipos de pele, especialmente as sensíveis ou alérgicas.


P: Quais os benefícios?

R: Previne o envelhecimento (pele hidratada demora mais tempo para apresentar sinais), tem ação anti-inflamatória e cicatrizante, é refrescante.


P: Quando uso maquiagem, devo aplicá-la antes ou depois?

R: Você pode utilizá-la tanto antes como depois. Geralmente eu uso antes, se você escolher borrifar depois, mantenha uma distância para não borrar a make. Quando usada após, deixa o look mais natural. Aumenta a durabilidade da maquiagem pelo fato da pele estar hidratada.


P: Em que outros momentos posso usá-la?

R: Pela manhã, depois de lavar o rosto borrife a água termal e espere secar. Passe o hidratante, filtro solar e a maquiagem. Quando for à praia ou piscina. Depois da depilação. Em ambientes com ar-condicionado. Se usar medicamentos orais para acne, sua pele precisará de uma hidratação extra sem comprometer o tratamento e a água termal é excelente nestes casos. Depois de peelings ou se fizer uso de ácidos com freqüência.


P: Alguma dica de expert?

R: Borrife água termal no pincel para intensificar a cor da sombra (funciona como um primer), ou em um pincel duo fibra para facilitar a aplicação da base no rosto.


PS: Eu uso a água da Avène, mas você encontra outras marcas boas como La Roche-Posay e Vichy. O preço? Por volta de R$50,00 o frasco com 150ml.

Fernanda (mas pode me chamar de Nani), artista plástica e maquiadora. Acredito no poder de uma maquiagem para a auto-estima. Alguns minutos e você estará mais bonita para si mesma e para os outros... Nem pense em sair de casa de cara lavada!!!
nanifadigas [arroba] hotmail.com

domingo, 5 de dezembro de 2010

Resenha da Leitora Ana Carolina: Kerastase Nutritive


 
Nossa, fiquei tão empolgada com essa linha da Kerastase que tenho que compartilhar...
É cara, confesso!!! Mas era meu tiro de misericórdia contra a feiura dos meus cachos desengonçados!!!

Tudo começou quando resolvi fazer a maldita escova progressiva que detonou meu cabelo e destruiu os meus cachos...
Desastre total, estava vivendo a base de escova e cortando aos poucos os fios danificados... Ninguém imagina a depressão que me dava ao ver meu cabelo todo bagunçado caso eu não fizesse escova.
Enfim, resolvi pesquisar na Internet um produto que me tirasse desse sufoco sem pensar no preço e achei essa maravilha kerastase que é a linha Nutritive bain óleo-curl. Gastei em torno de R$ 250,00 e conto com muita satisfação pois já tinha ouvido até de cabelereiro profissional que me cabelo só teria jeito o dia que tivesse cortado toda a progressiva do cabelo e que as atrizes de cabelo cacheado da globo vivia a base de baby-lise...
Mentira pura, desde a 1ª aplicação o resultado já foi visível e só lamento do tempo em que fiquei sem esses produtos milagrosos, já que o dinheiro que gastei valeu o investimento cada centavo.

Meu ritual cada 2 ou 3 dias:
Lavo os cabelos com o KÉRASTASE NUTRITIVE BAIN OLÉO-CURL - SHAMPOO 250ml--
1 vez por semana uso a mascara kersatase nutritive oléo-curl intense - 200ml
Com os cabelos lavados enxugo e coloco o leite de definição (Kerastase Nutritive óleo-curl huile en lait definition legerete) uffaaa e deixo secar, quando quero o efeito novela é só secar um pouco com difusor e depois finalizar com mais um pouco desse leite...

Gentem o resultado é sem igual!!!!

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Olay no Brasil


Já faz um tempo (foi no mesmo dia do lançamento Natura) que a P&G fez um evento incrível para imprensa + blogs para anunciar a vinda de 3 novas linhas de produtos ao Brasil. O P&G Experience mostrou toda a linha de produtos P&G (Pantene, Oral B, etc) e os lançamentos Olay, Naturelle e Head&Shoulders (que a Joo testou e contou aqui).



O tal Naturelle é um absorvente com Hipoglós, como bem observou Claudinha. Resumidamente, claro. É "o primeiro absorvente higienico a adotar o conceito de cuidado com a pele que assegura proteção e absorção ao mesmo tempo que prefire as irritações associadas à menstruação" = hipoglós. Mas não, não tem Hipoglós, e sim uma loção a base de extrato de camomila, petrolato eóxido de zinco. E já está  disponível nos pontos de venda.


Mas o legal mesmo e que mais me empolgou foi a vinda dos produtos Olay. Eu conheci a marca quando pedi um hidratante com filtro solar e a Joo trouxe pra mim (contei aqui) o Olay Complete Defense, que amei. Quando fui pros States, reparei que lá trata-se de uma linha de "balcão", assim como é Nivea por aqui. Já a vinda pro Brasil aconteceu com um pouco de glamour (Fernanda Lima como garota propaganda, ida do programa da Angelica pra Londres para fazer um jabázinho por lá, etc) mas sem sair da linha "farma". Já está a venda na Onofre, Drogasil e cia limitada e mesmo sendo produtos com tecnologia premium, o produto mais caro custa R$ 75, o que não é nada abusivo.
A coisa glamour se dá por conta dos PDV (ponto de vendas, aqueles displays com o nome da marca) mais elaborados e consultoras para orientar qual o melhor produto para a pele, já que as boutiques de produtos são divididas por efeito e não por idade.




São 5 linhas de tratamento e tem todas as informações no site. Eu estou usando 2 produtos e amanhã conto quais para vocês \o/

Resenha da Leitora Larissa: A fórmula da pele de seda em vidro

Queria compartilhar com vcs um produto de uma marca pouquissinha conhecida aqui no Brasil (pelo menos pra mim).Ganhei algumas amostrinhas desse produto da Darphin , o "Nectar Aux 8 Fleurs", é um produto indicado pro rosto que usado diariamente. Em mim deixou a minha pele de seda literalmente, o único defeito é o cheiro que é forte e enjoativo, e que ele é um óleo, EEE o preço que não deve ser o das mais camaradas. Um pote desse deve durar a vida. Apesar de tudo ($$) se achasse comprar, não pensaria duas vezes.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Orly Bonder, a base que faz o esmalte durar uma semana!


Depois de ler o post da Cinthia falando sobre a base que fazia o esmalte durar uma semana, aproveitei mais uma das visitas da Joo aos States para pedir um vidrinho desses para mim. E sério, não tinha como ser melhor. Usei 3 vezes, desde que comecei a testar. A primeira foi com o Confeti, da coleção Floral da Impala: assim como na criação, ficou lindo por 6 dias. No sétimo, ele descansou, digo, descascou. Depois testei com o lindo Eyeko Cosmic Polish, dessa vez sem cobertura roxinha da Avon. Talvez pelo glitter, começou a descascar depois de 3 dias, mas esmalte preto tem suas vantagens: dá para retocar sem dó que não aparece. Depois usei o Sex on the Beach, da coleção Ana Hickman, que só saiu no evento da Eyeko da semana passada depois de OITO dias intacto. Só saiu, aliás, porque tinha a manicure do busão esmaltando por lá. Mostrei pra todo mundo mesmo porque achei incrivel. Camilinha reparou: a unha tinha crescido, já estava longe da cuticula, mas não havia lascas. Dessa vez, usei com cobertura roxa, mas usei da Mohda, ao invés da Avon. 

E vende na farmácia? Na Drogaria Iguatemi tem bases Orly para vender, mas não tinha essa na loja do Iguatemi. Tem no pior site do mundo site da Orly (tem mas acabou) e tem na feelunique.com por $15.82 com frete grátis (no site da Orly USA custa $10, achei digno).

Candidato forte a melhor compra do ano, sem dúvida (compra da Joo, que me deu, rá!)

Resenha da Leitora Leticia: Gloss hidratante Granado

Hoje eu enfim (\o/) entrei numa loja da Granado que tem na 1º de março no RJ. A loja é lindíssima, tipo aquelas boticas, sabe? E eu como futura farmacêutica sempre quis entrar lá, mas sempre esquecia ou passava por lá correndo. Mas hoje, eu resolvi. Entrei. Mas antes tive um pequeno problema pra achar a porta (gente não tem maçaneta do lado de fora!! Depois de um tempinho rondando eu descobri que o segurança que abria a porta pra quem quisesse entrar e a porta é igual ao resto da vitrine).
Mas voltando ao assunto: eu jurava que tinha visto uma resenha no VnF do Gloss hidratante labial da Granado. Lembro até da foto...

Quando cheguei em casa fui procurar e não achei. Falei com uma das meninas do blog no twitter e ela disse que não tinha. Só podia ser uma coisa: premonição. 
Então, lá vou eu.

O gloss é em uma bisnaga, tinham 3 opções: canela, menta e um q não tinha escrito nada (suponho que seja o sem sabor ou que eu não tenha lido direito na pressa). Ele é bem simples. Dá aquela aparência de comi comida gordurosa. Mas eu gostei porque durou muito (mais que o meu amado Sephora que tá no final=/). É ótimo pro inverno.

Eu escolhi o de canela, passei toda feliz. Daí comecei a sentir uma ardência nos lábios, fui olhar no rótulo e lá dizia que isso era normal. Esse foi o único incoveniente, mas passou rapidinho.

Enfim, se você ta procurando um hidratante pros lábios o granado é muito bom.